terça-feira, 13 de outubro de 2009


Esses filhotes são da nova ninhada de Golden Retriever do canil Tailor Made localizado numa fazenda em Nova Friburgo onde trabalho uma vez por semana.
Se quiserem saber mais sobre o canil o site é http://www.tailormadegoldens.com.br

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

A poluição que você não vê

Sindrome Bipolar, Sindrome do Pânico, Depressão, Transtornos Obssessivos Compulsivos(TOC) são males que vem aparecendo com muita intensidade entre os seres humanos.

A maioria dos casos atinge pessoas que nunca tiveram o histórico dessas doenças.

O que causa essas sindromes???
Má alimentação? stress?
Acredito que não é somente isso.

Na minha opinião a principal causa é a poluição invisivel. Nos dias de hoje, as microondas de celular, ondas de rádio de wireless e fones sem fio, sem contar as antenas repetidoras de celulares que ficam acima de nossas cabeças inundam o nosso cérebro de frequências de ondas que certamente nos prejudicam.
O nosso cérebro é um emissor e receptor de milhares de frequências e talvez as frequências de microondas provoquem um desequilíbrio bioquimico no nosso cérebro.
Talvez daqui a algumas dezenas de anos os celulares, principalmente, venham com advertências iguais as do cigarro atualmente.
Embora a comunidade cientifica não comprove nada disso devemos considerar as questões econômicas que envolvem toda essa tecnologia.

Deixem seus comentários aqui para que possamos debater o assunto.

Fotos do meu dia a dia 4


Esta é a minha Bolinha na vidinha boa do lar.

Fotos do meu dia a dia 3


Não é o ET do filme do Spielberg.
Trata-se do meu paciente Stitch,um buldogue francês.
Que foi dublê do ET no filme...KKKKKKKK

Fotos do meu dia a dia 2


Esta foi tirada na Av. das Américas numa tarde de outono.
Parece neve na montanha...mas são apenas nuvens...

Fotos do meu dia a dia




foto tirada na Av Atlantica numa tarde de inverno
Será que tem algo escondido aí dentro????

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

ACUPUNTURA - muitas vezes um trabalho sutil

Há oito meses atrás vinha tratando de uma paciente(vamos chamá-la de Sra Maria).
A sra Maria é uma mulher de 80 anos com vários problemas inerentes a sua idade.
Apresentava uma osteoporose avançada, problemas intestinais, um início de Mal de Alzheimer diagnosticados pelo médico.
Após 8 meses de tratamento a sua filha achou melhor cancelar a terapia pois achava os resultados insatisfatórios.
Passado um mês a sua filha me procurou novamente porque havia levado a mãe ao médico para fazer o exame densitometria óssea. E após o resultado o médico ficou surpreso com a melhora da osteoporose já que não havia passado nenhum tratamento especifico e ela havia estacionado.
Quando ele perguntou a filha de Sra Maria o que havia feito naquele período ela contou que eram sessões de acupuntura, mas que achava que não deveria continuar. Ele então a repreendeu e disse que ela não deveria ter parado já que ele nunca havia visto algo assim e então hoje trato novamente de Sra Maria e ela está muito bem.

PS.: O intestino de Sra Maria está melhor e seu Mal de Alzheimer está menos acelerado. No caso do Alzheimer o paciente não pode deixar de tomar sua medicação alopática. A função da acupuntura é potencializar a medicação tornando seu efeito mais eficiente.


É muito comum acontecer isso. Os pacientes ou seus familiares não percebem a melhora real já que ela é sutil aos olhos, mas muito perceptível aos exames específicos. E muitos abandonam o tratamento antes de ficarem saudáveis novamente, pois muitos casos são realmente de cura permanente já que a acupuntura busca o equilibrio dos sistemas do corpo.

A História de Avoha

Em 1996 eu tratava de um paciente que criava cães da raça Dog Alemão.
Um dia ele me ligou desesperado que teria que sacrificar seu cachorro que estava tetraplégico. Como gostava muito dele queria antes tentar mais alguma coisa, e então me propôs fazer no cão um tratamento alternativo. Fiquei receoso já que nunca havia trabalhado com animais, mas ele me convenceu dizendo que de qualquer forma ele teria que sacrificar o cachorro se não desse certo.
Então foi quando conheci o médico veterinário Dr Jairo Jorge que estava com o cão internado em sua clínica.
Junto com o Dr Jairo comecei um tratamento quiroprático no cão. Foi muito difícil de início porque o cão não conseguia relaxar com massagens, o que tornava quase que impossível manipular suas vértebras.
Juntamente com Dr Jairo cheguei a conclusão de que ele teria que dar um leve sedativo no animal para que eu pudesse aplicar a Quiropraxia. E assim passaram-se 6 meses de tratamento com uma aplicação semanal.
No início do período de tratamento o Avoha já começou a apresentar melhoras o que animou a todos nós.
Após os 6 meses ele voltou a andar.
Foi uma experiência muito gratificante e nos animamos a tratar de outros cães.

Hoje além do Dr Jairo Jorge trabalho também com o Dr André Saramago e sua equipe de veterinários.
Quero ressaltar que por questões éticas e legais, toda a parte clínica que o cachorro necessita é executada pelo veterinário, o que faz disso um trabalho em conjunto.